quinta-feira, 29 de novembro de 2018

DiscoverEU




/portugal/file/discovereu_ptDiscoverEU


DiscoverEU
copyright UE
De 29 de novembro a 11 de dezembro (12h00 CET), os jovens com 18 anos podem candidatar-se a um passe de viagem para descobrir a Europa no próximo verão.

Voluntariado na União Europeia



Resultado de imagem para ser voluntarioÉ a capacidade de ajudar, de ser solidário que nos distingue dos outros seres e nos torna humanos.  Para quem deseja dedicar o seu tempo ajudando quem precisa, o voluntariado é uma opção a considerar. 

A União Europeia disponibiliza várias opções de voluntariado.

Para saber mais clique aqui, ou aqui.







Geraldine  integrou o Corpo Europeu de Solidariedade e, neste vídeo, partilha a sua experiência  com refugiados em  Cosenza, Itália. 






quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Os jovens e o futuro da Europa


No dia 19 de novembro,  800 jovens europeus marcaram presença na câmara plenária do Parlamento para fazerem ouvir a sua voz sobre o futuro da Europa. O Parlamento da Juventude,  organizado pelo Parlamento Europeu, foi uma oportunidade para os jovens partilharem a sua visão sobre a Europa. Entre outros assuntos foi debatida a  necessidade de aumentar a participação dos jovens nas eleições, de tornar as áreas rurais da Europa mais atraentes para os jovens, de definir estratégias para preservação do ambiente e  de criar cidades mais sustentáveis.


quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Dia Mundial do Olá

Resultado de imagem para dia mundial do olá




Hoje, dia 21 de novembro, celebra-se o Dia Mundial do Olá.Vamos ouvir esta saudação em diferentes línguas?  Ora cliquem lá aqui.

terça-feira, 20 de novembro de 2018

20 de novembro - Dia Internacional dos Direitos das Crianças



O Dia Internacional dos Direitos das Crianças é comemorado todos os anos a 20 de novembro. Foi neste dia que, em 1959, a Assembleia das Nações Unidas, proclamou mundialmente a Declaração dos Direitos das Crianças que em 1989 foi adotada a Convenção sobre os Direitos da Criança (a qual foi ratificada em Portugal a 21 de setembro de 1990), assente em quatro pilares fundamentais- a não discriminação, o interesse superior da criança, a sobrevivência e desenvolvimento e a opinião da criança.

A Declaração dos Direitos da Criança foi adaptada da Declaração Universal dos Direitos Humanos, e tem a seguinte redação:


- Todas as crianças têm o direito à vida e à liberdade.


- Todas as crianças devem ser protegidas da violência doméstica, do tráfico humano e do trabalho infantil.


- Todas as crianças são iguais e têm os mesmos direitos, não importando a sua cor, raça, sexo, religião, origem social ou nacionalidade.

- Todas as crianças devem ser protegidas pela família e pela sociedade.

- Todas as crianças têm direito a um nome e a uma nacionalidade.

- Todas as crianças têm direito a alimentação, habitação, recreação e atendimento médico.

- As crianças portadoras de deficiências, físicas ou mentais, têm o direito à educação e aos cuidados especiais.

- Todas as crianças têm direito ao amor, à segurança e à compreensão dos pais e da sociedade.

- Todas as crianças têm direito à educação.

- Todas as crianças tem direito de não serem violadas verbalmente ou serem agredidas por pais, avós, parentes, ou mesmo a sociedade.




Vamos relembrar e divulgar os direitos das crianças de todo o mundo.


domingo, 11 de novembro de 2018

Centenário do Armistício: 1998-2018


1914-1918: Quatro anos que marcaram a

História da Europa e do Mundo.





Às 11 horas da manhã de 11 de novembro de 1918, entrou em vigor o armistício que pôs fim à Primeira Guerra Mundial, a quatro anos de trincheiras, de lama, de gás e de horror, nos campos de batalha. Quatro anos de fadiga, destruição e morte.



Após a assinatura do Armistício: em primeiro plano, o marechal Foch , ladeado pelos almirantes britânicos Hope e Rosslyn Wemyss.

Os festejos relativos ao anúncio do Armistício.


Acreditava-se que seria o fim de todas as guerras.


Mas não foi...

A importância da União Europeia para a manutenção da paz

Bélgica, Ypres 1918: Trincheiras, Destruição, Morte....



Uma cidade  na Bélgica devastada pela Primeira Guerra Mundial.





Hilde Hardeman, responsável pela política externa na Comissão Europeia entre  abril de 2014 e setembro de 2017 partilha a história da sua cidade natal e explica a importância da União Europeia para a manutenção da paz. 

“Quem vem de uma região devastada pela guerra, não precisa perguntar para que serve a UE, porque já o sabe".


Dia da Europa

No próximo dia 9 de maio de 2019 celebra-se o Dia da Europa. Os embaixadores juniores da ESAG já estão a trabalhar... Mapa com a identi...